Projeto Político Pedagógico

Home Projeto Político Pedagógico

Projeto Político Pedagógico

PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO
CENTRO EDUCACIONAL DE ORLÂNDIA

 

Todo o esforço e trabalho pedagógico do Centro Educacional de Orlândia estão direcionados a prestar um serviço de excelência na prática de transformar crianças e adolescentes, através da educação, em cidadãos críticos, éticos, solidários e competentes.

O objetivo é possibilitar à criança e ao jovem o desenvolvimento da autonomia, para poder pensar por si mesma, para encarar o futuro e a vida sem medo.

A Educação Infantil, primeira etapa da Educação Básica, já começa a preparar a criança para enfrentar pequenos desafios e responsabilidades.

A filosofia pedagógica que norteia a prática escolar desse estabelecimento de ensino é seriedade na busca do conhecimento e alegria no encontro, pois se acredita que a função da escola é despertar o prazer de aprender.
ACOLHER E ENSINAR são os valores mais enfatizados no trabalho pedagógico do Centro Educacional de Orlândia.

O esperado é que os alunos tenham entusiasmo em vir para a escola e que encontrem nesta um clima agradável, descontraído para poderem manter a motivação e a criatividade na busca pelo saber. Sabe-se que isso só é possível num ambiente disciplinado e respeitador, que de forma alguma quer dizer conformismo e passividade. Não é esse o perfil de aluno que queremos formar. O que interessa é dar ênfase à garantia de oportunidades, à expressão individual e às diferentes escolhas.

O currículo de excelência da escola baseia-se no princípio de possibilitar aos alunos a transposição dos valores explicitados no projeto escolar para que se tornem um aprendizado por toda a vida.

Há destaque para a necessária coerência entre a ação e as metas educacionais estabelecidas. Se pretendermos que as crianças / adolescentes sejam cooperativos, críticos, criativos, autônomos, responsáveis e confiantes é preciso ter o compromisso de mostrar-lhes tudo isso no cotidiano, em cada postura assumida, por todos no ambiente escolar.

Cabe aos adultos e mestres a grande incumbência de abrir as portas do conhecimento formal às crianças e jovens e o desafio maior é fazê-lo com muito amor e responsabilidade. Isso será determinante para o futuro da humanidade, pois da boa relação com o saber dependerá o futuro e a sobrevivência do Homem.

Essas premissas de prática escolar não ficam apenas no papel ou no bonito discurso de apresentação da escola. Elas acontecem e são cultivadas, com muito carinho no dia a dia escolar.

O Projeto Político Pedagógico é um artifício para se garantir uma ação consciente e organizada no contexto escolar. A ideia é que se consiga através dele, romper o isolamento dos diferentes segmentos da escola, dando voz e responsabilidade a todos os seus componentes. Somente assim o trabalho colaborativo será potencializado e a gestão democrática se tornará real.

O Projeto Político Pedagógico leva em conta várias dimensões: Pedagógica, Administrativa, Financeira e Jurídica, as quais devem ser percebidas e compreendidas de forma articulada, integradas voltadas para o sucesso da aprendizagem do aluno.

O Projeto deve ser entendido como a própria organização do trabalho pedagógico da escola como um todo. O projeto busca um rumo, uma direção. É uma ação intencional, como um sentido explícito, com um compromisso definido coletivamente. Por isso, todo projeto pedagógico da escola é, também, um projeto político por estar intimamente articulado ao compromisso sociopolítico com os interesses reais e coletivos da população majoritária.

A organização do trabalho escolar desta instituição de ensino é baseada nos princípios da gestão democrática. Neste sentido, é apenas em meio ao diálogo e à criatividade que a comunidade escolar encontra seu próprio meio de organizar-se e gerir seu trabalho. Uma vez definido que a comunidade escolar participa da elaboração do projeto, definem-se os seus eixos norteadores.

Essa proposta de trabalho exige uma mudança de mentalidade dos membros da comunidade escolar. Afinal, constitui-se em um processo democrático de tomada de decisões, com o objetivo de organizar o trabalho pedagógico, no sentido de reconhecer os conflitos, buscando a superação das relações competitivas e autoritárias e diminuindo a fragmentação do trabalho escolar.

O Projeto Político-Pedagógico da escola facilita a consolidação da elaboração mútua e o exercício de construção coletiva, ao mesmo tempo em que se desencadeiam as experiências inovadoras que já estão acontecendo na escola. Para a concretização do projeto é fundamental que a responsabilidade do mesmo não recaia sobre a direção da escola, visto que uma gestão democrática implica na socialização do poder. Assim, a escola que almeja realizar uma ação pedagógica, coerente com as finalidades que persegue, deve criar um espaço de discussão coletiva, com o intuito de analisar se o trabalho que vem desenvolvendo está propiciando atingir as finalidades e os objetivos traçados por ela.

A natureza e a finalidade da unidade escolar, o papel socioeducativo, artístico, cultural, ambiental, as questões de gênero, etnia, classe social e diversidade cultural que compõem as ações educativas, particularmente a organização e a gestão curricular, são os componentes que subsidiam as demais partes integrantes do PPP.

Além de se observar tais critérios e compromisso, é preciso definir o conjunto das ações educativas próprias das etapas da educação básica assumidas pela unidade escolar, de acordo com as especificidades que lhe correspondam, preservando a articulação orgânica daquelas etapas. Reconhecendo o currículo como coração que faz pulsar o trabalho pedagógico na sua multidimensionalidade e dinamicidade.

O PPP, independentemente da autonomia pedagógica, administrativa e de gestão financeira da instituição educacional, representa mais do que um documento, sendo um dos meios de viabilizar a escola democrática e de qualidade social para todos.

No Centro Educacional de Orlândia optou-se por adotar o sistema bienal de reconstrução do Projeto Político Pedagógico, por se entender, que esse período se ajusta bem aos anseios e características do processo educativo dessa unidade educadora.

O CEO-anglo apresenta um caminho possível para a educação de crianças e adolescentes; aquele que possa levar à autonomia, ao desenvolvimento saudável e a uma vida mais alegre, mais espontânea. Trata-se de uma proposta de trabalho baseada na vivência do contexto escolar e grande estudo dos teóricos da aprendizagem. É, também, uma alternativa pedagógica voltada para uma educação democrática e para a construção e o exercício da cidadania.