Eco Alfabetização

Home

Eco Alfabetização


ECO ALFABETIZAÇÃO: É DE PEQUENO QUE SE APRENDE

O momento atual nos remete a uma grande preocupação com o bem-estar do planeta que habitamos e com a vida que ele sustenta. No passado, a tônica era preparar a criança para produzir, numa sociedade urbana e industrializada; hoje, o grande desafio é educar na perspectiva de uma vida numa sociedade sustentável. A Educação Infantil, fase inicial da Educação Básica é vista como um momento privilegiado de vivências formadoras e, portanto, um espaço muito apropriado para se propor um novo padrão de hábitos.

Capra (2003a) propõe a eco alfabetização como uma busca por maneiras de operacionalizar a sustentabilidade ecológica, sugerindo que, para isso,procuremos inspiração nos ecossistemas naturais, que são comunidades sustentáveis.  Essa abordagem da alfabetização ecológica mais divulgada e popularizada é de responsabilidade não apenas de Fritjof Capra, mas também de David Orr. Além disso, Layrargues (2003) também indica que muitos dos fundamentos da eco alfabetização, aproximam-se da tendência denominada “Earth Literacy”, desenvolvida, principalmente, por Steve Van Matre.

Philippe Layrargues (2003) empreendeu uma crítica bastante contundente à alfabetização ecológica proposta por Capra. Esse autor (id.) identifica na eco alfabetização um acentuado determinismo ecológico, na medida em que essa se vale da transposição de regras da natureza para governar a sociedade. De acordo com essa perspectiva, as comunidades humanas seriam regidas pelos já mencionados princípios ecológicos que se estão buscando inculcar por meio das práticas de educação ambiental. Dessa forma, pretende-se estimular a sociedade a espelhar-se nas características (morais) da natureza – no caso, a cooperação – para conduzir as relações entre os seres humanos. Ele argumenta, então, que a seleção dos princípios ecológicos que fundamentam a alfabetização ecológica, proposta por Capra obedece a critérios ideológicos explícitos e não a um suposto padrão universal que regeria as comunidades de seres vivos.

Na Educação Infantil do CEO-Anglo o tema ecologia permeia todos os conteúdos abordados. Os professores se preparam para praticar a eco alfabetização e planejam as rotinas escolares para favorecer e valorizar o contato das crianças com a natureza. O referencial teórico, material de trabalho e a orientação ficam a cargo da Coordenação e Direção Pedagógica, juntamente com as parcerias estabelecidas entre a escola e instituições locais comprometidas com a ecologia e com um maior cuidado com nossa existência nesse planeta.

“Compreender as múltiplas relações que se estabelecem entre todos os seres vivos e o ambiente onde vivem, e que tais relações, constituem a teia que sustenta a vida do planeta” (Capra, 2006b, p.11).

Os professores da Educação Infantil reconhecem a importância de se trabalhar com as crianças pequenas o cuidado que devemos ter com nosso planeta, pois acreditam que é de pequeno que se aprende. Soluções bem criativas, por parte dos docentes e coordenadores  mostram que é possível superar as  restrições físicas, quando se quer desempenhar um bom trabalho.

01

Fonte:Facebook – “Aprendendo a viver, o Recomeço”

Referências

CAPRA, Fritjof. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos sistemas vivos. São Paulo: Cultrix, 1996.

______.Alfabetização ecológica: o desafio para a educação do século 21. In:TRIGUEIRO, André (org.). Meio ambiente no século 21. Rio de Janeiro: Sextante, 2003a.

_______e outros, Alfabetização Ecológica: a educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo: Cultrix, 2006.

LAYRARGUES, Philippe P. Determinismo biológico: o desafio da Alfabetização Ecológica na concepção de Fritjof Capra. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO AMBIENTAL – EPEA, 2, São Carlos. Anais… São Carlos: UFSCAR, 2003. CD-ROM.

LOVELOC, James E.Gaia- Cura para um Planeta Doente. 1ª Edição, Brasil, Editora Cultrix, 2006,

GRÜN, Mauro. Ética e educação ambiental: a conexão necessária. Campinas: Papirus,1996.

Disponível em: APRENDENDO A VIVER, ORECOMEÇO<https//www.facebook.com////pages/ Aprendendo a viver, o Recomeço> Acesso em: 10/8/2012.

Disponível em: GOOGLE,<https//www.google.com//imagens/sustentabilidade>Acesso em: 10/8/2012.